FIES 2016: Conheça um dos melhores programas de financiamento estudantil (FIES 2016) e saiba como você pode participar. O Fies 2015 já acabou, mas agora o Governo já prepara uma nova edição. Esse programa tem ajudado pessoas a terem acesso ao ensino superior, em várias partes do Brasil.

O Fies 2015 já foi encerrado. Agora, o FIES 2016 vem com tudo, dando novas oportunidades para aqueles que não conseguiram em 2015. Continue conosco e tenha mais informações!

O que é o FIES?

O FIES, Fundo de Financiamento Estudantil, foi desenvolvido pelo Ministério da Educação e tem por objetivo ajudar as pessoas a terem acesso ao ensino superior por meio de um financiamento. O aluno se cadastra no programa para conseguir um financiamento do curso que deseja fazer.

Fundo de Financiamento Estudantil

Fundo de Financiamento Estudantil

Esse programa foi desenvolvido em 2010 e desde então tem ajudado milhares de pessoas em todo o Brasil a terem acesso ao nível superior, algo que sempre foi difícil devido os altos preços cobrados nas mensalidades.

Só é valido para as instituições privadas, e não para as públicas, afinal essa não tem custos. O bom desse financiamento é que a taxa de juros é baixa, e isso permite que a pessoa efetue o pagamento quando concluir o curso, sem que isso aperte seu orçamento mensal.

MENU RÁPIDO: O que você precisa?

icone de corretoFIES 2016 | 1º SEMESTRE | 

Com o final do FIES 2015, muitos estudantes já procuram sobre o FIES 2016, em busca de uma nova oportunidade de vagas para financiamento estudantil. Tenha fé, não desista. Nessa nova edição do FIES 2016 você vai conseguir.

O Governo, juntamente com o MEC, está preparando a nova edição do FIES. Continue acompanhando essa página, e também através dos links rápidos acima para mais informações.

__________________________________________________

icone de corretoFIES 2015 | 2º SEMESTRE | Novas Regras

Estão abertas as inscrições para 2º Semestre do FIES 2015. As inscrições vão de 03 até 06 de agosto.

(!) Fique atento pois só terá uma chamada!

Os prazos do Fies 2015 do Segundo Semestre também vale para que estudantes que já possuem o financiamento realizem o aditamento (renovação) semestral dos contratos. Os estudantes que não conseguiram realizar o aditamento no primeiro semestre, pode tentar novamente realizar o processo.

Vale lembrar que os juros também aumentaram. Passaram para 6,5%.

Para mais informações sobre as inscrições, clique em > Inscrições FIES 2015

__________________________________________________

Como se Inscrever no FIES?

Esse financiamento pode ser solicitado em qualquer período do ano, coisa que não ocorria no início, onde tínhamos datas especificas para isso. As inscrições no FIES são feitas pela internet, garantindo assim uma facilidade maior para os interessados. Antes eram feitas somente nas agências bancárias, hoje não tem necessidade mais de procurar a unidade para se inscrever, pela internet é possível.

Acessando o SisFies, que é o sistema para inscrição no programa, a pessoa preenche os dados pedidos de forma verídica, é importantíssimo o preenchimento correto de todos os dados. Após o envio do cadastro a pessoa recebe um e-mail informando a validação do mesmo.

Faça sua inscrição no FIES pela internet.

Faça sua inscrição no FIES pela internet.

No ato da inscrição é onde você informa qual será o curso e a instituição da qual você deseja estudar (ou está estudando) e que irá financiar a mensalidade. Porém, é importantíssimo que a instituição tenha parceria com esse programa, caso contrário não tem como se filiar ao programa.

Segue o site para inscrição: www.sisfiesportal.mec.gov.br

  • Informe seu CPF para iniciar o cadastramento, depois preencha os demais dados até concluir.

Consulta de Cursos e Instituições

Você pode realizar a consulta de cursos e instituições conveniadas com o programa do FIES 2015 pela internet de forma rápida. Basta informar seu estado e cidade que o site retorna com a lista das instituições convidadas.

Consulta Cursos e Instituições.

Consulta Cursos e Instituições.

Veja como efetuar a consulta para saber se a instituição que você estuda ou pretende estudar tem convênio com esse programa:

  • Site FIES:
  • Informe o Estado (UF), Município, Instituição e Local de Oferta.

Se informando a respeito dos convênios fica mais fácil na hora de se cadastrar, assim você já tem conhecimento se a instituição que você vai estudar é conveniada ou não.

Simulação do FIES

Você pode simular o financiamento pela internet e sem ter necessidade de ir até uma agência bancária para isso. Caso queira saber como ficará para você aderir a esse programa entre no site e simule, a ferramenta mostra todos os detalhes para você.

Simulação online do FIES

Simulação online do FIES

No site é pedido algumas informações para que o sistema possa fazer o cálculo do seu financiamento, portanto, informe os dados pedidos para que você tenha uma retorno exato do que pretende solicitar.

Você tem as seguintes formas de financiar o valor da mensalidade:

  • Financiamento de 50%;
  • Financiamento de 55%;
  • Financiamento de 60%;
  • Financiamento de 65%;
  • Financiamento de 70%;
  • Financiamento de 75%;
  • Financiamento de 80%;
  • Financiamento de 85%;
  • Financiamento de 90%;
  • Financiamento de 95%;
  • Financiamento de 100%.

No inicio do programa o aluno podia financiar apenas 50% ou 100% da mensalidade, hoje ele já tem mais opções.

Pagamento do FIES

Uma das dúvidas muito comuns diz respeito do pagamento do FIES, afinal de contas todos querem saber como fica depois que o curso acaba. Mas o pagamento é um processo simples e o programa em si facilita muito para o aluno.

Em suma, o pagamento pode iniciar até 18 meses depois que o aluno terminou o curso, esse é o período de carência que o programa oferece, mas se o aluno quiser começar assim que ele terminou o curso não tem nenhum problema.

Pagamento do FIES.

Pagamento do FIES.

Além disso, durante a vigência do financiamento o aluno paga, a cada três meses, uma taxa de R$50,00, esse valor é referente ao pagamento de juros incidentes sobre o financiamento, mas como mencionamos anteriormente ele ocorre somente uma vez a cada trimestre.

O valor a ser pago pode ser parcelado em até três vezes em relação ao período em que foi financiado o curso. Também pode ser acrescido mais 12 meses se o aluno julgar necessário e se assim ficar melhor para ele.